Palmeira

[Palmeira%20dos%20Índios][bsummary]

Viagens

[Viagems][bleft]

Vídeos

[Vídeos][twocolumns]

Curiosidades

[Curiosidades][bsummary]

"O Brasil e um país rico de povo pobre", A historia do dinheiro no Brasil


Desde a "descoberta" das terras brasileiras, foi preciso implantar aqui uma forma de troca, entre o europeu e o nativo. E desta forma o dinheiro foi avançando ate se tornar o real que temos hoje.

Quando os portugueses chegaram aqui, encontraram os nativos que forma denominados índios. Mas o objetivo dos portugueses era o ambicioso progresso, e para conseguir isso era preciso mão de obra, e na quele momento a melhor opção para isso era o nativo, o índio. Era preciso convence-los, e o melhor para isso era uma troca, troca de que?, troca do que eles tinham interesse, e o que eles se interessavam era o que eles não conheciam, e o que eles não conheciam era o que os invasores tinham: pentes, espelhos, tesouras, todo tipo de objeto que não era natural, que não era de conhecimento indígena. Pensando assim os portugueses obviamente pensaram em uma 
injusta troca, objetos baratos por mão de obra que geraria lucro para a coroa portuguesa.

As riquezas existentes ali, eram muitas, mas o que os portugueses se interessaram inicialmente era a arvore de tinta chamada pau-brasil, que os índios injustamente começaram a extrai-lo, para que os europeus tivessem roupas tingidas e exportar para outros países, as custas do Brasil.
Moedas de Ouro - Obsidianas

Mas os índios não eram de trabalhar tanto, e isso era prejuízo para os portugueses. Então a melhor opção agora era pensar em outra forma de mão de obra, ou seja a escrava, mas não indígena, pois eles não se dariam bem, o melhor foi traze-los de um lugar que tivesse pessoas mais produtivas para o trabalho, veio na cabeça escravidão vinda da Africa. E assim o Brasil começou uma pequena economia em torno dos escravos, senhores e o rei ou imperador, dessa forma também foi preciso implantar um sistema econômico com uma moeda de troca. e com essa pespectiva nasceu na Bahia a primeira casa da moeda brasileira isso em 1694, quando se descobriu ouro nos Montes Gerais, e que começou a brotar vilas e cidades, em que se cresciam os setores de serviços e comercio, que dessa forma começava a crescer um tímido porem promissor mercado interno. E a casa da moeda teve que produzir as patacas e dobrões cujo uso se expandiu rapidamente.

E o dinheiro começou a se desenvolver:

De um tempo o dinheiro se transformou em reis, "A moeda imperial", mas em 1928, o presidente Washington Luís encomendou um estudo ao Ministério da Fazenda, em relação a uma reforma financeira no Brasil e assim enfrentar a crise mundial do pós-guerra. Mas o projeto ficou parado desde 1930. Em 1942 Getúlio Vargas ressuscitou a reforma e criou o cruzeiro.

Juscelino Kubitschek com metas desenvolvimentistas, acelerou a economia. Mas um grande avanço foi o "milagre econômico" que levou o Brasil a um índice de crescimento igual ao da  Alemanha Ocidental, este milagre foi implantado por Médici no regime militar, em seu plano chamado Plano Nacional de Desenvolvimento. Mas como o próprio presidente Médici declarou:
"O Brasil e um país rico de povo pobre"
Os índices de crescimento atingidos durante o período Vargas os anos JK e os do milagre deixaram claros a diferença entre crescimento e desenvolvimento econômico.

O declínio e um novo recomeço:

A inflação no final da década de 70 fés o cruzeiro morrer no governo Sarney em 1986 dando assim lugar ao plano cruzado.

O plano Collor foi um período inserto na economia brasileira, de um lado Collor confiscou as poupanças e a ressurreição do cruzeiro alem da privatização das estatais. Uma nova abertura dos poros, e como consequência uma avalanche de importados.

Estava dado o primeiro passo para uma instabilização da economia brasileira, mas isso ficou para o governo de Itamar Franco com o Plano Real de 1994

Ao passar do tempo essa historia continuara, por hoje e só.

Este conteúdo e um resumo da historia do dinheiro no brasil baseado do que esta expresso em
WEATHERFORD, Jack. A história do dinheiro. São Paulo: Negocio Editora, 1999

Nenhum comentário:

Vídeos da Web