Palmeira

[Palmeira%20dos%20Índios][bsummary]

Viagens

[Viagems][bleft]

Vídeos

[Vídeos][twocolumns]

Curiosidades

[Curiosidades][bsummary]

A curta historia da TV Farol antiga afiliada da Cultura


Uma nova opção de TV foi lançada em novembro de 2009, a TV Farol, afiliada a Rede Novo Tempo. A concessão do canal era de emissora educativa, em 2013 foi lançado o primeiro programa local do canal, que até então apenas repetia o sinal da Rede Novo Tempo, o “Segurança em Debate” que era apresentado pelo consultor de segurança Fabio Esperon, trazia debates sobre a segurança em geral.

Durante essa primeira fase, a TV Farol, procurava disponibilizar horários de sua grade, para produções independentes, como o extinto programa “Beira Mar”, que era uma revista eletrônica, exibida todos os sábados as 13h. Além do “Baíra Mar”, eram, nesse período o canal exibia matérias jornalísticas, focadas em eventos evangélicos.

Com o passar do tempo a TV Farol, foi diminuindo sua grade local, voltando aos princípios de apenas retransmitir a programação da TV Novo Tempo. Em 17 de dezembro de 2014, a TV Farol, surpreendeu os telespectadores, com uma radical mudança de afiliação, deixou a TV Novo Tempo, e passou a exibir a programação da TV Cultura, nesse mesmo dia estreou a nova marca da TV.

Durante os primeiros dias de afiliação com a  TV Cultura, a TV Farol exibia um boletim jornalístico denominado “Edição Experimental”, apresentado por Mauro Wedekin. O boletim trazia matérias jornalísticas, que já usavam a nova canopla do canal.

As promessas eram inovadores para a nova opção de TV local no estado, uma versão local do “Roda Viva”, e duas edições do “Jornal da Cultura Alagoas”, a edição da manhã com Arnaldo Ferreira, e a da noite com Mauro Wedekin. Estava tudo pronto, estúdio novinho, com uma equipe invejável, a nova TV Farol seria lançada, como uma opção de Cultura para o povo alagoano.

O jornal da cultura, impressionava pela ótima qualidade, tanto na edição das matérias jornalísticas quanto na apresentação. Uma das poucas criticas que a emissora recebeu foi a falta de uma marca d'água no canto da tela e a desconfiguração das câmeras.

Infelizmente a programação local da TV Farol durou apenas três meses, pois os funcionários reclamavam dos atrasos no pagamento. O canal passou a repetir toda a programação da TV Cultura, durante o ano de 2015. Em 20 de março de 2016, a TV Farol deixou de transmitir a TV Cultura, passando a vender toda a sua grade para a Igreja Mundial do Poder de Deus.

Nenhum comentário:

Vídeos da Web