Palmeira

[Palmeira%20dos%20Índios][bsummary]

Viagens

[Viagems][bleft]

Vídeos

[Vídeos][twocolumns]

Curiosidades

[Curiosidades][bsummary]

Uma nova chance aos animais de rua de Palmeira dos Índios

Foto: Matheus Araújo
Não é de hoje que os animais de rua de Palmeira dos Índios, não são bem tratados, já vi jovens jogarem pedras, em muitos deles. Desnutrição e abandono, a morte é eminente para a maioria deles, mas felizmente encontramos uma luz, o projeto “4 Patas”. Inspirados em ações semelhantes em São Paulo e Curitiba, começaram a montar comedouros para animais de rua, em calçadas de nossa cidade. Mensalmente, fazem o trabalho de  castração, de fêmeas.

O projeto nasceu com a união de 3 pessoas, que se conheceram em outro grupo de ajuda aos animais. Saímos do antigo grupo por não ver muita ação, mesmo em gestos pequenos. Decidimos então formar um novo grupo, aos poucos foram aparecendo alguns colaboradores e voluntários.

Todos amantes de animais.

Surgiu então a ideia de um aulão “fitdance” com três educadores físicos amigos. Aconteceu numa tarde aqui no AABB. A entrada era dois quilos de ração ou 10 reais. Tivemos doação de animais, onde alguns foram adotados.

O objetivo inicial era arrecadar ração pra ajudar um outro colega que faz esse trabalho sozinho.
Não sabíamos o que fazer com o pouco de dinheiro que arrecadamos. Vimos modelos de comedouros públicos em outras cidades do país como São Paulo, Curitiba e pensamos por que não em Palmeira?

Sabíamos das dificuldades que enfrentaríamos. Pois o nosso grande sonho seria realizarmos um mutirão de castrações pra diminuir o número de animais. Pois enquanto isso não acontece, eles se proliferam exponencialmente. Como somos poucos, pensamos, inicialmente em aliviar a fome deles.

Mensalmente com a colaboração de outros amigos juntamos dinheiro, doados por nós mesmos (uma espécie de caixinha), e escolhemos uma ou duas fêmeas e pagamos a castração. É muito pouco mas temos esperança de que com o passar do tempo consigamos mais colaboradores e possamos aumentar bastante o número de animais esterilizados na cidade.

Menos cães nas ruas.

Por enquanto estamos instalando os comedouros em locais onde temos autorização, e contamos sempre com a ideia inicial de que tudo começa por uma campanha educativa que estimule as pessoas que gostam de animais a colaborar com o abastecimento e limpeza periódica. 

Nenhum comentário:

Vídeos da Web